quarta-feira, junho 07, 2006

Cerco ao Fumo e aos Fumadores - A Nova Lei do Tabaco


Hesitei antes de escrever este Post.

Tenho Bronquite asmática desde miúdo, embora não se note nada, e o Fumo do cigarro incomoda-me.

Durante toda a minha vida nunca fumei cigarros, apenas uma cachimbada de vez em quando, hábito que nunca foi aditivo e que começou para passar algumas das noites de estudo na Faculdade.

Nestes últimos anos de mais (algum) desafogo fumo um Cubano, entre Amigos, de quando em vez.

Todavia estou, à vontade, 2 ou 3 meses (ou mais) sem tocar em "fumos" o que - também de acordo com o meu Médico e as radiografias pertinentes - faz de mim um Não-Fumador

Por isso penso que estou em condições éticas inatacáveis para fazer este pequeno desabafo:

Não acham que há algo de fascista e de persecutório na forma como a sociedade actual vê e trata os Fumadores?

Sou o primeiro a compreender que devem existir áreas segregadas para Fumadores e Não-Fumadores. Quem não fuma não pode "levar" com o fumo em cima sem ter liberdade de escolha.

Por isso alguns Países criaram a hipótese dos Restauradores, Bares e Discotecas decidirem se as suas Casas seriam ou não para fumadores.

Reparem que não se trata de locais de visita obrigatória, como as Escolas, as Repartições de Finanças, as estações de Correio, os Locais de trabalho, etc... mas sim locais onde só vai quem quer e quando quer...

Parece-me esta decisão de segregar à partida os locais de amesendação e de divertimento mais sábia e respeitadora dos direitos de todos do que a que se antevê para Portugal, com a divulgação no dia de ontem da Nova Proposta de Lei.

A Hipocrisia é de tal ordem que os Poderes instituídos andam com estas meias medidas e não têm coragem para decidir, pura e simplesmente, Ilegalizar o Tabaco tal como as outras Drogas!!

Se o Tabaco Mata coloque-se Fora da Lei! Se não Mata assim tanto como é?

Já agora, porque é que não se proíbe também o fabrico de Automóveis que atingem velocidades superiores a 150 Km por hora? A velocidade também Mata...

Agora , renovar práticas de antigamente que apelam à delacção e que lembram o velhinho e odioso imposto sobre os Isqueiros, de Salazar, que deu de comer a tanto Bufo por esse País fora, parece-me Imoral.

Um comentário:

Manoel das Couves disse...

Em http://abanacao.blogspot.com estão disponíveis dois inquéritos que pretendem (de alguma forma) intervir na Consulta Pública sobre a proposta de Legislação antitabágica que o Governo apresentou. O que é também uma forma de participação cívica, para que outros não determinem autocraticamente aquilo que também nos diz respeito.

MFR