quinta-feira, julho 06, 2006

Futebol não pode ser Tragédia...



É importante para alimentar a Auto-Estima nacional, dá um "jeitão" aos Governantes, permite que as pessoas se esqueçam de outras coisas,

Mas..

Tragédia é não termos dinheiro para pagar os Medicamentos ou para a Renda da Casa...

Tragédia é sermos despedidos porque a Empresa fechou...

Tragédia é morrer alguém que nos é próximo...

O Futebol é lindo de morrer mas é apenas um jogo....

Reparem no Abraço que Figo e Zidane trocaram ontem à noite depois do Jogo, ao mesmo tempo que trocavam de camisolas...

Isso sim é Fair-Play e Futebol do melhor...

2 comentários:

Zé disse...

A derrota nas meias finais do campeonato do Mundo com a França,não foi nenhuma tragédia,nem em nada a selecção Portuguesa saíu diminuida.
Foi um jogo encaixado,sem grandes oportunidades de golo,as mais flagrantes até forma para Portugal.
Não nos deixemos cair no oito e no oitenta, nosso apanágio e que é alimentado por alguns pretensos opinion maker´s cá do burgo.
Depois de ouvir hoje a rádio e ler a "Biblia" sobre o rescaldo do jogo Portugal-França,tinha prometido a mim próprio, que não poderíamos procurar justificações na actuação de terceiros,nem na entourage que rodeia estes acontecimentos,mas de facto a selecção Portuguesa era o Patinho Feio dos quartos de final era o Outsider de interesses que estão para lá do Jogo e vejamos os comportamento de alguuma imprensa inglesa sobre a atribuição do prémio ao melhor jogador jovem do Mundial.
Não conseguem esconder o azedume da derrota. A forma acomo evitaram que Cristiano Ronaldo fosse o vencedor,dizendo que não tinha fair play é sintomática.
Está-se a previligiar o talento futebolístico ou outras coisas? ...que falta de fair play...típico de quem deveria olhar nessa Europa como se comportam...holiganísmo...Heisel...e outras situações..seria como num concurso de beleza não se eleger a mulher mais bonita porquer tinha mau feitío...ou que os futebolistas fossem seminaristas...isto não desculpa alguns exageros de comportamento do Cristiano Ronaldo....há muito mau perder e faz esta gente a apologia do fair play.
No dia em que deixe de haver paixão,agressividade,técnica,entrega à luta,capacidade atlética...não é uma guerra é um jogo,com todos estes condimentos...lá vai o espectáculo futebolístico.
De acordo com aquilo que os "jornalistas" preconizaram neste caso concreto...Maradona...nunca teria sido eleito o melhor jogador do mundo.
Vamos lá ganhar à Alemanha e para isso que o Cristiano Ronaldo faça um grande jogo e que demonstre em campo que quem não quer reconhecer o seu talento por razões de indigestão futebolística e não só está enganada,embora já nada tenha a demonstrar,só que a sua motivação por este motivo deverá ser extra até porque estará presente o vencedor do prémios do Jogador jovem do Mundial Podolski.
Que o jogo seja uma festa,bem jogado e que Portugal vença,para "chatear" alguns interesses extra Jogo...

Zé disse...

Depois de houvir as várias notícias e ter lido as referências na Imprensa ao comportamento no final do jogo do senhor Domenech e dos agentes Fifa ao jogo três franceses,são coincidências a mais,relativamente aos factos e estranhos ao jogo,além de se eleger o melhor jogador de um campeonato antes dele terminar e em que dois dos candidatos ainda estão em prova....desvirtuando os critérios....tempo de jogo e qualidade de desempenho futebolístico.
Por estas e por outras seja qual for o lugar que a selecção fique,3º ou 4º,será um feito histórico e maravilhoso.
Mas que Portugal fique em 3ºcom uma grande exibição colectiva.
O Talento do Cristiano Ronaldo está lá e ninguém lho pode tirar.
Que cresça como futebolísta e desportista,porque dadas as suas caractrísticas vai continuar a ser objecto por um lado de admiração e bajulação e pelo outro de "Invejas" e críticas porque estará no centro das atenções, se continuar de forma ascendente a crescer.
Não há justificações para certos comportamentos,mas há que perceber e entender,quem é objecto de marcações,por vezes pouco leais e subterrânras em que o mundo do futebol é fértil.... e por hoje é tudo...o Scolári já disse tudo a respeito do comportamento e das reacções do Cristiano...o Vieira, o Henry,o senhor que confunde jogadores com treinadores...a forma como um senhor Inglês Stiles marcava o Eusébio e nessa altura era fair play....é o mundo da Bola, dos interesses para além do espectáculo e quem mandou a um país tão pequeno meter-se no meio dos Grandes...ainda queriam mais?...Parabéns à Equipa Nacional no seu todo.São verdaeiros e Gloriosos Conquistadores.