sábado, julho 19, 2014

De Júlia em Júlia, com estrelas no olhar

Tudo deve ter começado lá para 600A.C., quando os primeiros membros da ilustre família patrícia (Gens Julia) vieram para Roma depois da destruição de Albalonga.

Mais tarde nasceu o velho Júlio César (muito dado ao convívio, dentro e fora de casa) e ainda mais tarde - lá para 16 A.C. - o seu filho adoptivo deu nome a Braga. Este era um bocado mais morcão do que o primeiro César, mas - como todos os cínicos de todos os tempos - viveu e reinou que se fartou.

Na Falperra de Braga há o grande restaurante "Dona Julia". E na Trofa ( a meia hora de bom caminho) há o restaurante "Julinha". Também ele grandioso.

As senhoras mentoras destas casas de bem comer eram ( são) Júlias. Uma ainda trabalha na cozinha do Dona Julia. A outra ensinou o que hoje se faz na outra casa, Julinha da Trofa. O filho (Sr. Fernando, no Julinha ) e irmão (Sr. Manuel no Dona Júlia) têm um legado nas mãos tão importante (mutatis mutandis) como os da já referida Gens Julia, à qual se calhar ainda estão ligados :):):)

Ambos estes restaurantes  têm uma apresentação e recepção de clientes exemplares. Ambos possuem - no mais alto grau - o culto pela qualidade da matéria prima que pôem nas mesas. Ambos acarinham, mimam e desfazem-se em cuidados face ao transeunte ali entrado.

A cozinha minhota (melhor dito, bracarense) é interpretada da melhor forma nas duas casas. Os vinhos do Douro e Verdes têm papel preponderante nas cartas, a preços muito razoáveis.

As contas - para lisboeta - são extremamente doces. Duas alimárias comendo e bebendo do bom e do melhor (Douros grandes reservas de 2011, espumantes de verde, maltes, etc...) não chegaram a pagar mais do que 50 euros cada um. Em Lisboa? Para serviço,  qualidade e variedade semelhantes? Ponham lá sff 80 euros por cabeça.

O que separa estas duas instituições? Engraçado que encontro mais pontos comuns do que distinções, para além das óbvias como a localização e a facilidade em  dar com estes tesouros nacionais... E as esplanadas! Onde a da Dona Julia se destaca por permitir uma vista soberba sobre Braga.

Talvez no capítulo dos peixes frescos do nosso mar haja alguma vantagem na esplendorosa montra frigorificada do Dona Júlia. Mas essa vantagem é contrariada pelo transcendente bacalhau das Ilhas Faröe que se pode comer no Julinha.



A Costela de vitela mendinha (arouquesa ou maronesa) desfaz-se na boca e é um petisco de mandar rezar uma missa (ou duas) na vetusta Sé de mais de 900 anos! E existe na Dona Júlia e na Julinha!

Tanto num como no outro, a filosofia de trabalho é sempre virada para a satisfação do cliente.

De notar ainda que, para além do cultivo das tradições das suas terras,  estas mansões do prazer mastigatório  têm também toques de modernismo: No Dona Julia uma sala dedicada ao Sushi, com sushiman formado na arte. Na Julinha, vale a imaginação criativa do Chef, sempre à volta com as melhores maneiras de apresentar pratos simples (por exemplo, um pimento vermelho recheado de farinheira e gratinado, soberbo).

E ainda por cima, nestes tempos militaristas em que nos encontramos, pode-se fumar nos dois restaurantes, em salas próprias para tal.

O Paraíso em duas versões? Ainda por cima "quase ao lado" uma da outra?

Não serei eu que contrarie esta afirmação. Uma coisa é certa: na altura de planear uma visita ao antigo domínio dos Senhores Acebispos Primazes das Espanhas, torna-se obrigatório prever dois almoços. Um em cada uma destas casas. E não digo almoço e jantar porque tal só seria humanamente possível se os convivas fossem ainda relacionados com o gigante Gargântua e seu filho Pantagruel.


  1. Julinha Restaurante
  2. Endereço: Rua Doutor Avelino Moreira Padrão 1771,  TROFA
    Telemóvel:252 419 763

Restaurante Dona Julia 
Morada: Via da Falperra (EN 309)
Código Postal: 4710 670 NAVARRA
Tel: 253270826

2 comentários:

Fátima Moura disse...

estou em pulgas para ir ás jùlias e julinhas.

Maria da Luz Cascalheira disse...

Ola Amigo Menino Raul....tivesse eu tempo e euros,tb não deixava os créditos por mãos alheias...mas tudo isso engorda que se farta!!!!Eu agora já estou a pagar os exageros !!!!há quase dois anos a dieta e com pastilhas para a hipertensão e diabetes!!!faça favor de intervalar mais esses repastos...olhe a ciatica e o resto! Bj vou de férias e tentar compensar alguns exageros com caminhadas do Baleal até Peniche e volta.....sempre São 6km...mas faça favor de ter cuidado! :-)