terça-feira, janeiro 27, 2009

Paixanito virou "Paixa"...Em Vale do Lobo.


Exactamente. O velho paradouro dos amantes dos petiscos, situado em Loulé, na Estrada de Querença, mudou de local e encontra-se agora à disposição do passante na bem cuidada paisagem de Vale do Lobo, Almancil.

Aguentará Vale do Lobo mais este paradouro gastronómico, quando já tem 16 Restaurantes em serviço?

Pure· Café Royal· Amore· La Place· Teahouse Oriental· Spikes Restaurant· Spikes Brasserie· Memories of China· Sandbanks· Monty's· La Terrazza· Papagaio· La Crêperie· Beach Club· Tennis Café

Mas este Paixa tem atrás de si a magnífica reputação gastronómica do seu ilustre antecessor e, como se verá, não a deixou ficar pela estrada que liga Querença a esta nova localização.

Vamos a informação mais práticas:

O telefone passou a ser este : 289 394 699 mas se utilizarem o antigo também tem desvio de chamadas para este novo.

Boas notícias: o ambiente moderno, escorreito, quase japonês na bem "minimalista" decoração da sala. Esta luminosa que baste, com largas janelas abertas aos relvados. Casas de banho pós-modernas, onde impera o aço e o vidro espelhado. Bom toque, boa fibra . Talvez um pouco "dondoca" de mais se pensarmos na antiga decoração da casa-mãe, com os brinquedos de lata e madeira que eram do tempo dos nossos avós...

Continuação das boas notícias: o Chef de cozinha é o mesmo. Existe um Menu de almoços mais desenhado para Metrosexuais e Barbies desejosas de parecer a Calista Flockart, com as calorias controladas e o tamanho das doses e preços em proporção com esses desejos de manter a linha a pensar na Praia (que saudades, Chiça!)... Mas o menu dos jantares - que também pode ser usufruído ao almoço - é o mesmo da antiga morada, com mais de 40 variações de petiscos...Prato do dia naquela Sexta feira, quando lá fomos, a Feijoada.

A clientela, era de esperar, muito mais atrevida em número e em aspecto, com muitas "tias e tios" de Vale de Lobo a não dispensar o almoçinho naquele lugar de culto... Mesas tão bem "ataviadas" em dia de semana que o vosso Blogger, apesar de bem acompanhado , não dispensou o olhar maroto pelo enorme espelho que estava à sua frente... Sim Senhor, temos decoração "móvel "a complementar a decoração imóvel, esta já de si afiambrada, como disse.

E em relação aos "finalmentes"? Vieram flutes de Mumm Cordon Rouge e uma garrafa de Foz do Arouce Branco de 2003 (está soberbo!). E depois, em rápida sucessão: Ostras cruas sobre gelo (magníficas!), Salada de chocos com a sua tinta, carapaus alimados, Xerém com ameijoas e camarão, foie gras, croquetes de rabo de boi, pataniscas de bacalhau, ovos de codorniz com chouriço, cogumelos recheados...

Tudo muito bem feito e em quantidade suficiente para a prova ser cabal para três cristãos e não passar a fronteira para a "alarvice".

Não havia espaço, nem disposição, para "postres", pelo que se pediu o café e a conta... 3 pessoas, bem comidas e bem bebidas por cerca de 100€.

Boas Vindas ao Paixa (que raio de nome...só me vêm à cabeça badalhoquices) e que saudades já temos do bom e velho "Paixanito" , nem que fosse por duplicar esta espantosa oferta algarvia de comes e bebes a preço manso.

Mas há notícias de que o fecho do Paixanito está ainda a ser reconsiderado em função da "crise".

Por aí é que não apostemos muito, mas logo se verá...

Um comentário:

Isabel Magalhaes disse...

Já há algum tempo que sou leitora do seu blog, o qual me foi dado a conhecer por uma amiga comum.
Tomei a liberdade de lhe escrever, para me dar a conhecer e dizer-lhe que também eu estou a iniciar um blog e gostaria de o convidar a fazer parte dos visitantes e seguidores do mesmo.
Eis o endereço: http://isamag.blogspot.com

Não sei se gosta de fotografia, pois o meu blog tem como objectivo ultimo, divulgar alguns trabalhos que faço com fotografia digital.

Quando fizer a visita ao blog, ficará a saber qual a amiga comum que referi. (Não cabe aqui dizer nomes.)

Espero que aprecie, e... claro... que divulgue (ah! ah!)

Quanto ao seu blog, tenho que lhe dar os parabéns e também agradecer pelas coisas bonitas:o caso da poesia às sextas f.; pelas informações que dá e, claro,pela forma como escreve.
Quanto á gastronomia de que fala tantas vezes e dá conselhos, receitas etc. uhmmmmm... posso dizer-lhe que fico com água na boca...! Quando digo água, é literalmente isso que quero dizer.. pois quando fala daquele vinho delicioso de saboreou em Almancil (bela terra, onde tenho familiares) peguei na minha garrafinha de Penacova (água mineral) e dei um golo bem guloso... (imaginando saborear esse tal de vinho branco. Mas, que de semelhante só tem mesmo o vocábulo "branco"...ah! ah!
Quanto às restantes iguarias de que tem falado. Bom... aí não só fico com água na boca como também a salivar e a engolir, em seco...

A propósito, são quase 8.30, logo, hora de jantar. Não... não vou comer ostras... vou comer um bacalhauzinho à minhota. Também não está mal...pois não?

Cumprimentos,
Isabel Magalhães